Dia 8 de Março é celebrado o Dia Internacional da Mulher, mas essa comemoração vai muito além de ganhar flores ou presentes. 

A data representa uma luta diária e constante que mulheres de todo o mundo travam para conservar e reafirmar seus direitos conquistados. O Dia da Mulher é um marco que vem para nos lembrar da força e do poder feminino na busca por igualdade e respeito. 

Mas como tudo tem uma história e é muito importante conhecer o passado para continuar construindo o futuro, hoje vamos te contar um pouco mais sobre o surgimento dessa data comemorativa e como a luta que milhares de mulheres travaram lá atrás revolucionou a sociedade e modificou a cultura. Vamos lá?

Uma conquista histórica

São muitas as versões históricas para a definição do dia 8 de março como o Dia Internacional da Mulher. 

Se fosse possível colocar todos os acontecimentos dentro de uma linha do tempo, poderíamos dizer que tudo começou depois da grande passeata das mulheres, que aconteceu em Nova York, em 26 de fevereiro de 1909 (Na ocasião, 15 mil mulheres marcharam pela cidade por melhores condições de trabalho). 

Em paralelo, o crescimento das fábricas europeias trazia a necessidade de uma reforma no cenário de trabalho feminino, que era precário e totalmente insalubre.

Um fato que marcou muito a busca por direitos e melhores condições para as mulheres foi o incêndio causado por policiais em uma fábrica têxtil dos Estados Unidos. O episódio, que aconteceu em 1857, levou a vida de centenas de mulheres que, naquele dia, protestavam pela redução da jornada de trabalho e pelo direito à licença-maternidade. 

ONU estabelece uma data oficial para o Dia da Mulher

Com tanta gente se movimentando ao longo dos anos, era de se esperar que uma data oficial para homenagear às mulheres fosse criada. 

Por isso, em 1975 a ONU instituiu a data do dia 08 de Março, além de destinar o ano de 75 como o ano para lembrar das conquistas sociais e políticas das mulheres pelo mundo. 

Hoje, muitos países promovem eventos no dia Internacional da Mulher. Alguns decretam até feriado para que as celebrações possam ser compartilhadas e a mensagem de conscientização pelos direitos das mulheres sejam ainda maiores. 

Categorias: Curiosidades

0 comentário

Deixe uma resposta